06 de setembro de 2017 19:08

Setor de construção acredita na desburocratização

Ações surgem a partir do Salvador Simplifica

Por Redação

29052017-acm-neto-apresentacao-programa-salvador-360-foto-rodrigo-aguiar-bahiabaO Salvador Simplifica, já aprovado na Câmara Municipal, quebra o paradigma que dificultava o ato de empreender na capital baiana, devido ao excesso de burocracia. A afirmativa pertence ao presidente do Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia (Sinduscon-BA), Henrique Passos, que considera ainda que o cidadão será o maior beneficiado com a aprovação do programa Simplifica, primeiro eixo do Salvador 360, e do novo Código de Obras da cidade. “O grande mérito do programa está em reduzir dificuldades e de criar reais facilidades para se empreender em Salvador, tornando nossa cidade cada vez mais atrativa para investimentos que são cruciais para a geração de emprego e renda no município”, completa.

Em linhas gerais, o Simplifica é um agente facilitador para empresas e cidadãos. Com ele, será possível, por exemplo, a abertura de empresas dentro da própria casa, encurtar o tempo para licenciamento de uma nova empresa de demorados seis, nove, doze meses, para apenas 15 dias. Além disso, com o novo Código de Obras do Município, um alvará para construções ou reformas de pequeno porte poderá ser emitido em até 48 horas. A principal contribuição do programa está na redução da burocracia que, em excesso, acaba por onerar em até 12% o custo dos imóveis em Salvador.

O problema não era restrito apenas ao licenciamento municipal, mas este era um dos processos que obstruía o fluxo normal das atividades, de acordo com o gestor. “A aprovação do novo Código de Obras do Município vai ajudar a sociedade em geral, na medida em que algumas atividades terão a dispensa de alvará. Outras atividades serão beneficiadas com alvará concedido no momento do cadastramento junto ao município. E até mesmo as obras que necessitam de análise municipal contarão com uma equipe maior à disposição, por conta da redução de processos. Dessa forma, prazos serão encurtados e o setor vê com grande alegria essa iniciativa porque a aceleração desses procedimentos auxiliará na geração de emprego e renda, e o consequente desenvolvimento econômico da cidade”, afirma.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*