19 de outubro de 2017 18:53

Salvador assina pacto com União Europeia

Acordo visa soluções em clima e energia

Por Redação

pactoSalvador é a primeira cidade da América Latina a assinar a Carta de Compromisso com o Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia, promovido pela União Europeia na versão latino-americana. O pacto foi assinado pelo prefeito ACM Neto e pelo embaixador da União Europeia no Brasil, João Cravinho, em cerimônia realizada nesta quinta-feira (19), na sede da União dos Municípios da Bahia (UPB), no Centro Administrativo da Bahia (CAB). O evento contou com as presenças de embaixadores e representantes de 17 países europeus, além do presidente da UPB, Eures Ribeiro, dos secretários André Fraga (Secis) e João Roma (Gabinete), e demais autoridades municipais.

A adesão ao Pacto Global de Prefeitos representa um compromisso com as ações locais, além da realização da iniciativa em conjunto com parceiros de todo o mundo. Neste caso, o intuito é compartilhar soluções inovadoras que permitam que os prefeitos atuem de forma cada vez mais assertiva no enfrentamento às mudanças climáticas. Como coordenadora nacional do Fórum de Secretários de Meio Ambiente das Capitais Brasileiras (CB27), a capital baiana deverá incentivar as demais cidades brasileiras a unirem-se ao Pacto durante a Reunião Geral da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que ocorrerá em Recife nos dias 27 e 28 de novembro.

O prefeito ACM Neto lembrou que já vem sendo construída uma agenda ambiental pela gestão municipal desde 2013, especialmente por entender que o tema é decisivo para o presente e para o futuro das cidades do mundo inteiro. “A política ambiental não pode ficar apenas a cargo dos governos federais, é fundamental também que os municípios se envolvam. No Brasil, é necessário dar exemplos. Por isso, a Prefeitura faz parte de outros grupos, como o C-40, e hoje está sendo reafirmado e ratificado o nosso compromisso com embaixadores da União Europeia com a assinatura desse documento. É mais um ponto importante na consolidação das políticas ambientais para Salvador”, pontuou.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*