16 de agosto de 2017 01:57

Prefeitura deve integrar ônibus metropolitanos

Mudança depende de decisão do Estado

Por Rafael dos Anjos
Foto_Jefferson Peixoto_Secom_Pms
Foto_Jefferson Peixoto_Secom_Pms

A Prefeitura, o governo do Estado e o Ministério Público da Bahia (MP-BA) vão assinar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que envolve a integração entre ônibus urbanos, metropolitanos e o metrô. Em reunião que aconteceu na tarde de hoje (14) na sede do MP-BA, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), a Prefeitura aceitou fazer a integração entre os ônibus urbanos e os metropolitanos desde que o Estado concorde em reduzir a alíquota do ICMS cobrado sobre o combustível que incide sobre os veículos do sistema Integra.

O MP-BA aguarda um posicionamento das duas partes em até 48 horas. “Nós já nos colocamos a favor do TAC. Defendemos que os passageiros da Região Metropolitana de Salvador tenham o mesmo benefício que já garantimos aos usuários dos ônibus urbanos: que possam utilizar os dois modais pagando uma única tarifa e também os dois tipos de coletivos. Ou seja, esse passageiro da Região Metropolitana poderá pegar o ônibus metropolitano, o urbano e o metrô pagando uma única tarifa, o que não acontece hoje ainda. Desde a semana passada já é assim para quem anda de metrô e ônibus urbano, graças à atuação da Prefeitura, que anunciou a integração para todas as linhas do sistema Integra. Agora o Estado precisa aceitar a redução da alíquota do ICMS”, afirmou o secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota.

Fábio Mota participou da reunião ao lado do titular da Casa Civil de Salvador, Luiz Carreira. Também estiveram presentes as promotoras Rita Tourinho e Cristina Seixas e representantes do governo do Estado. “Desde o início, o município tem demonstrado boa vontade para que a pauta da integração ande. Tanto que asseguramos a integração total entre todas as linhas urbanas e o metrô. E isso destravou essa pauta. Agora, cabe ao Estado também desejar avançar mais para assegurar a integração metropolitana também”, reforçou o secretário de Mobilidade.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*