15 de agosto de 2017 01:23

Equipamentos de praças são substituídos

Localidades sofreram com vandalismo

Por Redação

Praça Nsra da Luz_Foto_Jefferson Peixoto_Secom_PmsPara estimular a melhoria na qualidade de vida dos cidadãos soteropolitanos, a Prefeitura já entregou, em quatro anos e meio, 225 praças na cidade. A ação proporciona não apenas uma opção de lazer, mas também espaços para a prática de atividades físicas. Porém, devido à ação de vândalos, a Secretaria de Manutenção (Seman), responsável pela construção e manutenção das praças, tem tido um gasto avaliado em R$27 mil por mês para recuperar equipamentos públicos quebrados e pichados. Estima-se que, apenas nos primeiros meses deste ano, 40 praças já foram danificadas.

Os exemplos, infelizmente, são frequentes. Entre os espaços danificados ou que tiveram equipamentos roubados neste semestre está a Praça Nossa Senhora da Luz, na Pituba, onde os aparelhos da academia de musculação são constantemente furtados e tiveram de ser substituídos nesta semana. A Praça da Matriz, em São Cristóvão, já teve comunicação visual quebrada, foi completamente pichada e teve equipamentos da academia de saúde roubados e quebrados. A Praça João Mangabeira, nos Barris, teve o vestiário arrombado e itens como torneiras, conexões de água e divisórias roubadas por duas vezes.

Um dos locais que mais sofrem com a depreciação é a Praça do Canal do Imbuí. Nela, os alvos de ataque são os equipamentos infantis, equipamentos de ginástica, o cachorródromo e a comunicação visual, que normalmente é quebrada ou arrancada no mesmo dia em que é instalada.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*