02 de setembro de 2017 23:44

Cresce a taxa de ocupação hoteleira em Salvador

Aumento teve média de 7,6% em julho

Por Redação
Foto_Jefferson Peixoto
Foto_Jefferson Peixoto

Mesmo na temporada de inverno, quando o fluxo turístico tem intensidade reduzida na capital baiana, o Centro Histórico da cidade se mantém aquecido e continua a receber turistas brasileiros e estrangeiros que vêm apreciar as paisagens históricas e urbanas locais e a programação cultural efervescente que ocorre na região durante todo o ano. De acordo com relatório apresentado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), o mês de julho apresentou um crescimento de 7,6% na taxa média de ocupação hoteleira de Salvador em 2017, em comparação ao mesmo período do ano anterior.

De acordo com o titular da Secult, Claudio Tinoco, com a divulgação de novos investimentos da cidade, além do início da promoção do calendário de verão neste segundo semestre, a expectativa é que o fluxo turístico em Salvador cresça significativamente antes mesmo do início da alta temporada. “Esse índice é a confirmação de uma projeção, que fizemos no início do ano, da tendência na melhoria do fluxo de turistas. Claro que também é um reflexo na melhoria do cenário econômico, fazendo com que o turismo de lazer tenha sido aquecido nesse período”, pontuou Tinoco. O mês de julho favorece o turismo nacional, pois coincide com o período de férias nas regiões Sul e Sudeste do país, quando os viajantes buscam alternativas de lazer e entretenimento e são atraídos também pelo clima agradável desta época na capital.

Além do Centro Histórico, outras áreas e pontos turísticos da cidade apresentam destaque de visitação nesta época do ano, a exemplo da Igreja do Bonfim, Barra, Rio Vermelho, Casa do Rio Vermelho e fortes Santa Maria e São Diogo. A Secult estima que, durante a baixa estação, 84,4% dos turistas que visitam Salvador são nacionais (60,4% do interior da Bahia e 39,6% de outros estados) e 15,6% tem origem de outros países. Entre os estados brasileiros que mais emitem visitantes à capital baiana estão São Paulo, Rio de Janeiro, Sergipe, Pernambuco e Distrito Federal. Já no ranking dos países estão as nações da Argentina, Alemanha, Estados Unidos, Espanha e França.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*