15 de fevereiro de 2017 00:54

Calabetão celebra entrega da Praça da Esperança

Revitalização teve investimento de R$253 mil

Por Redação

praa-esperanaDemanda antiga da comunidade, a Praça da Esperança, localizada no fim de linha do Calabetão, foi entregue totalmente requalificada pela Prefeitura na noite da segunda-feira (13). Participaram da entrega do espaço o prefeito ACM Neto, o vice-prefeito Bruno Reis, o secretário de Manutenção (Seman), Marcílio Bastos, e lideranças locais.

Durante a solenidade, o prefeito relembrou o abandono em que estava o espaço e destacou a importância da requalificação do local para a comunidade. “Antes da reforma a praça não tinha vida, nem brilho e muito menos cor. Os moradores não tinham motivos para frequentá-la, mesmo sendo uma praça central no bairro e com um potencial enorme”, completou. O gestor também destacou que, desde 2013, a maioria das cerca de 200 praças que foram construídas ou reformadas pela Prefeitura foram em áreas populares, beneficiando as comunidades mais carentes de espaço de lazer.

A requalificação do local demandou investimento na ordem de R$253 mil reais. Agora, dispõe de equipamentos para atender a todas as faixas etárias, como parque e espaço infantil com brinquedos para a diversão dos pequenos. Além disso, o local passa a contar com Academia de Saúde, composta de instrumentos direcionados a idosos e pessoas com alguma dificuldade de locomoção, bem como acessórios para a prática de exercícios de alto impacto, a exemplo de prancha abdominal, espaldar e barras.

A Praça da Esperança conta ainda com pergolado, piso intertravado, bancos antivandalismo, paisagismo, iluminação cênica, comunicação visual e mesas para jogos de salão como damas, dominó e xadrez. Além disso, a Seman reformou também um palco já existente no local, que servirá para abrigar pequenas apresentações culturais.

A requalificação da área de convivência e lazer no Calabetão foi executada através da Seman. Todo o mobiliário utilizado nos espaços públicos criados ou requalificados pela Prefeitura hoje são totalmente concebidos e produzidos pela Seman, que mantém fábrica própria na sede localizada na BR-324. Dessa forma, a secretaria estima que o município economiza cerca de 35% do valor que gastaria se terceirizasse mão de obra, concepção de projetos e compra de materiais.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*