16 de fevereiro de 2017 23:44

Prefeito anuncia Pré-Carnaval de Salvador

Folia começa neste final de semana

Por Redação
unnamed-1O Fuzuê e o Furdunço, movimentos de rua que aquecem o clima para foliões que encaram uma maratona festiva até a Quarta-feira de Cinzas, vão abrir o pré-Carnaval de Salvador a partir deste final de semana (18 e 19), no Circuito Orlando Tapajós (Ondina-Barra). Serão 57 entidades a desfilar nesses dois dias. Entre as atrações estão o grupo Quabales, Léo Santana, Baiana System, Alavontê e Armandinho.
Hoje (16), em coletiva de imprensa no Sheraton Hotel da Bahia, no Campo Grande, o prefeito ACM Neto, ao lado de artistas como Armandinho e Márcia Freire, apresentou a estrutura e os serviços do Carnaval, divulgou novas atrações patrocinadas pela Prefeitura com o apoio da iniciativa privada e reforçou o convite para o Fuzuê e o Furdunço.
“Nós decidimos fazer o pré-Carnaval para trazer o turista mais cedo para Salvador e mantê-lo mais tempo na cidade. Isso é importante para movimentar a nossa economia. Com o Fuzuê e o Furdunço, baianos e turistas aquecem as turbinas para a maior festa de rua do planeta”, afirmou o prefeito ACM Neto, lembrando que a folia de Momo deste ano vai custar R$50 milhões, sendo que R$30 milhões foram captados junto à iniciativa privada.
No Fuzuê, um dos destaques vai para o Bike Fuzuê, começando às 15h de sábado (18). Desfile que abre a festa, a ação surge pela iniciativa do Movimento Salvador Vai de Bike junto a grupos de pedal da cidade, reunindo centenas de usuários da bicicleta em uma movimentação única de descontração e também de ativismo. Será realizado um concurso de fantasia, e a premiação para os ganhadores será mais uma bicicleta para a coleção. A banda da Guarda da Civil Municipal participa da ação, animando a galera. O Fuzuê ainda traz uma ação especial que é a homenagem aos 40 carnavais de Pedrinho da Rocha.
O Furdunço dá sequência à animação às 14h do domingo (19), com a Oficina de Frevos e Dobrados, além de atrações como Léo Santana, Armandinho, Luciano Calazans, Flor Serena, Alexandre Leão, Bailinho de Quinta, Alex Costa e Coreto Elétrico, Quabales, Alavontê, Batifun, Amanda Santiago e o agito da Baiana System, que fecha o dia de apresentações.
Utilizando o Carnaval como combustível para entender os fãs que acompanham os shows durante o ano, além de analisar questões artísticas e o comportamento do soteropolitano, o grupo Baiana System ressalta que possui uma relação direta com o público. “A gente depende dessa relação e isso interfere nos shows, no repertório. A resposta do púbico ao nosso trabalho é uma coisa que tem uma relação direta com as apresentações que fazemos. O disco Duas Cidades mesmo é o resultado dos shows e das apresentações que fizemos nos últimos quatro anos”, contou Roberto Barreto, um dos integrantes do grupo.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*