18 de maio de 2017 02:56

Giullia Buscacio fala sobre papel em Novo Mundo

Atriz não se preocupa em mostrar o corpo

Por Redação

isabella-pinheiro-1197Giullia Buscacio, a índia Jacira de “Novo mundo”, acredita que a novela das 18h lhe dá a oportunidade de se reaproximar da História do Brasil. A atriz, de 20 anos, passou a infância na Coreia do Sul: “Eu cresci fora do Brasil e viajava muito por causa do trabalho do meu pai (o ex-jogador de futebol Júlio César Gouveia Vieira). Estar nessa novela tem me ajudado muito. Acho importante poder mergulhar nas minhas origens. Estive numa aldeia indígena antes das gravações e saí dessa experiência totalmente envolvida com o tema. O que a gente aprende na escola é pouco em relação ao que eles têm a oferecer”.

Para viver a personagem, a atriz colocou um aplique nos cabelos e utiliza pinturas corporais durantes as cenas. Ela garante não se incomodar com a exposição do corpo: “No início, o cabelo foi um choque. Mas, ao mesmo tempo, me transportou para o universo dela. É um elemento muito importante, onde está a força da personagem. Desencanei totalmente do figurino descoberto. Não é uma coisa que ocupa minha cabeça. Tenho que estar focada na cena e não me dei ao luxo de me preocupar por estar sem roupa”.

Para se preparar para as sequências de ação, a atriz passou a fazer aulas de crossfit: “Sempre fui muito magrinha e nunca tive nenhuma questão com o corpo, mas, quando li os capítulos, vi que as cenas seriam fisicamente cansativas. Achei que os exercícios me ajudariam”. Na trama, a personagem de Giullia faz par com o índio Piatã (Rodrigo Simas). Ela conta que a torcida do público é grande: “Toda vez que vai ao ar alguma cena as pessoas me marcam nas redes sociais e mandam fotos. Esse encontro entre eles estava sendo muito esperado. Os dois se complementam e está todo mundo curtindo ver isso”.

Recentemente, a dupla foi fotografada gravando na praia de Abricó, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, uma praia de naturismo. “É engraçado porque você chega para gravar na praia de nudismo e as pessoas estão lá, nuas – brinca”. “Mas acaba que a gente entra no universo e nem percebe muito o entorno”.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*