20 de setembro de 2016 11:23

Revitalização de casarões do Centro Antigo preserva a história da Bahia

Por Redação

Preservar a memória de um determinado lugar significa estabelecer uma ponte entre o presente e o passado, manter vivos elementos fundamentais na formação da identidade cultural individual e coletiva de um povo. Sem essa memória, o homem se perde das suas raízes, se aliena de como as transformações sociais e culturais acontecem.

Esta edição da série de vídeos ‘Pelas Ruas’, desenvolvida pela Secretaria de Comunicação Social do Estado (Secom), mostra a importância da revitalização de casarões e monumentos do Centro Antigo de Salvador, que além de ser uma prática de responsabilidade ambiental, ajuda a manter viva a história da Bahia.
Áudio:

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*