26 de outubro de 2017 15:43

Frases de Mainha – A peça

Espetáculo valoriza de forma engraçada as mães brasileiras

Por Redação

img_9287Na contramão do humor que se apoia na personificação caricata dos nordestinos, o Frases de Mainha investe na representação das mães brasileiras, especialmente as baianas, dentro de um ideal coletivo e de fácil identificação. Depois do sucesso nas redes sociais, os atores Sulivã Bispo e Thiago Almasy, os protagonistas que dão vida à Mainha e Júnior, respectivamente, apresentam o Frases de Mainha – A peça, atendendo ao apelo dos fãs. Todos os sábados e domingos de novembro, eles estarão no Teatro Eva Herz.

No palco, a dupla de espóticos mais querida da Bahia apresentam, ao vivo, o humor com temas corriqueiros do dia-a-dia dos baianos, além de situações que refletem a relação entre as mães e os filhos – do carinho materno aos esporros necessários para uma criação digna de mainhasarretadas.

Na trama da peça, Junior já está na faixa dos vinte-e-poucos anos e decide, depois de muitas broncas, que essa é a hora de sair de casa. Mainha, em contramão, acredita que o filho ainda não é maduro o suficiente para experimentar o mundo sozinho e aguentar as durezas da vida. Como de costume na rotina desses dois, tudo converge para uma grande situação onde só mesmo o ensinamento de uma legítima “mainha” poderá colocar o rebento dentro do eixo.

Em cena, dois personagens unidos pelo laço afetivo mais poderoso de todos: o amor de mãe, que atravessa o tempo e a história. Mainha; a Bahia antiga, cujos ditados e posturas refletem uma personalidade impregnada de cultura e regionalidade, e Junior; a Bahia contemporânea e globalizada, cuja juventude repleta de regalias é indiferente a essa conversa de “dificuldades do passado” que sua mãe tanto alega, afinal de contas também é prerrogativa de todo filho um dia querer andar com as próprias pernas.

Mas o que é crescer no mundo de hoje? Que força é essa que só as mães possuem? Mainha está preparada para aceitar que o filho amadureceu? Ambos os personagens, sem esquecer-se da comédia que tempera os vídeos na internet, fazem uma grande homenagem às mulheres, mães, em especial as nordestinas.

Com direção geral de Thiago Romero, direção musical de Jarbas Bittencourt, texto de Thiago Almasy – o próprio Junior, que assina parte dos roteiros da websérie –, direção de movimento de Nildinha Fonseca, produção executiva da Da Cultura e a produção artística de Val Benvindo, o espetáculo é um convite para rir.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*