24 de setembro de 2017 17:58

Celso Junior comemora 30 anos de carreira

‘A persistência das últimas coisas’ estreia no Viva Velha

Por Redação

img_0692Quando um diretor e ator completa 30 anos de carreira o que há de melhor a se fazer para celebrar esse momento senão montar um espetáculo? Celso Junior, que há três décadas subia pela primeira vez profissionalmente em um palco, comemora o momento dirigindo o espetáculo ‘A persistência das últimas coisas’, que entra em cartaz no Teatro Vila Velha a partir de 28 de setembro.

A peça é uma versão brasileira para um texto argentino do autor Juan Ignacio Crespo e tem no elenco o vencedor do Prêmio Braskem 2017 de Melhor Ator, Igor Epifânio, além dos atores Vinicius Bustani e Paula Lice. “Assisti à montagem original, no pequeno Teatro Vera Vera, em Buenos Aires, em 2014, sob a direção do próprio Juan e fiquei bastante entusiasmado com o texto”, lembra Celso.

Ele conta que assim que chegou ao hotel na capital da Argentina, entrou em contato com Juan pedindo para usar o texto no repertório de estudos sobre dramaturgia contemporânea. Foi aí que surgiu o desejo de montar. “Assim que li a peça em espanhol, comecei a pensar numa possível montagem brasileira”, afirma.

SERVIÇO
O quê: espetáculo teatral: A persistência das últimas coisas
Onde: Teatro Vila Velha
Quando: de 28 de setembro a 8 de outubro, quinta a domingo
Horários: quinta a sábado: 20h / domingo – 19h
Duração: 70 min
Classificação etária: 18 anos

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*